Novas diretrizes para Criptorquidia – AUA 2014

Foi apresentado pelo Dr. Thomas F. Kolon, em 18/maio/2014, no Chapin Theater do Orange County Convention Center de Orlando, EUA, a nova diretriz sobre Criptorquidia (testículos que não desceram/migraram do abdômen para a bolsa escrotal).

Dez experts urologistas compilaram estudos de relevância científica para guiar a prática médica em relação aos meninos com esta patologia.

Em síntese, as novas diretrizes em relação ao diagnóstico e conduta são:

• Um bom exame físico é o suficiente para diagnóstico.
• Exames de imagem raramente mudam o diagnóstico e o tratamento.
• Tratamento hormonal para fazer o testículo descer raramente funciona.
• Orquidopexia (cirurgia para dissecção e fixação do testículo na bolsa escrotal) é o tratamento Gold Standart (padrão, ideal) com 96% de sucesso.
• A cirurgia deve ser realizada quando o menino estiver com 6 a 18 meses de idade.
Postato por: Dr. Alessandro Rossol em 1/6/2014
 
Fonte Bibliográfica: Daily News do Congresso Americano de Urologia

Sobre o autor

Dr. Rossol

Nenhum comentário.

Comentários