É a eliminação involuntária de urina em crianças além da idade na qual o controle vesical é normalmente obtido. A enurese, diurna ou noturna, é considerada um sintoma e não uma doença. A idade referida acima varia de autor para autor mas está ao redor dos cinco anos de idade. Além da idade e sexo, também é importante o urologista saber com que frequência esta ocorre, condições psicológicas da criança e ansiedade dos pais quanto ao problema, hábitos higiênicos, alterações do sono, antecedentes familiares, tipo de parto, tratamentos prévios, etc…

A enurese dificilmente tem relação com problemas psicológicos, mas traz problemas de auto-estima para seu portador. A criança enurética tem vergonha de seus amiguinhos e coleguinhas por usar fralda, afastando-se de programas onde isto pode ser revelado. Não é recomendável ao pais censurar a criança por urinar na cama ou na roupa, ou privá-la de atividades sociais, pois isto afetará ainda mais sua auto-estima.

Uma vez diagnosticada a enurese, esta poderá ser tratada logo que a criança esteja apta a receber o tratamento, muitas vezes longo e com participação decisiva dos pais. Observamos bons resultados a partir dos seis anos de idade. A consulta é especialmente esclarecedora para os pais que quase sempre associam a enurese noturna com problemas psicológicos e neurológicos.

Sobre o autor

Dr. Rossol

Nenhum comentário.

Comentários