Ejaculação demorada ou retardada

A ejaculação demorada, também chamada de ejaculação retardada, é dificuldade de ejacular, mesmo com uma ereção firme, excitação sexual adequada e estimulação suficientes. Estima-se que a ejaculação retardada ocorra em 1-4% dos homens.

A ejaculação retardada pode ser classificada como primária ou secundária. Ejaculação retardada primária é quando um homem nunca foi capaz de ejacular durante a relação sexual. Ejaculação retardada secundária é quando um homem foi capaz de ejacular durante a relação sexual em um momento de sua vida, mas não é mais capaz de fazê-lo, ou o faz com pouca frequência.

A ejaculação retardada geralmente ocorre durante a relação sexual, mas com muito menos frequência durante a masturbação. De fato, 85% dos homens com ejaculação retardada primária ou secundária são geralmente capazes de atingir o orgasmo através da masturbação. Em algumas circunstâncias, a ejaculação retardada ocorre em ambas as situações, portanto, o homem é incapaz de ejacular, ou pode apenas ser capaz de ejacular após uma relação prolongada ou masturbação. Esse problema pode ser frustrante e causa sofrimento para o casal.

Em algumas circunstâncias, um homem pode atingir o orgasmo prazeroso sem ejacular o sêmen. Isto é muitas vezes referido como “orgasmo seco” (mas apenas se isso ocorrer na ausência de ejaculação retrógrada).

Através de uma detalhada história médica, emocional, sexual, bem como um exame físico (e possivelmente neurológico), um médico (normalmente um urologista) pode determinar a causa da ejaculação atrasada de um homem.

A ejaculação retardada é frequentemente causada por:

  • Efeitos colaterais de medicação – Antidepressivos, medicamentos ansiolíticos e medicamentos para pressão arterial podem retardar a resposta ejaculatória. Estima-se que a ejaculação retardada ocorra em 16-37% dos homens que tomam SSRIs (um tipo de antidepressivo). Algumas pesquisas sugerem que os tratamentos para a disfunção erétil também foram mostrados, em alguns casos, para causar a ejaculação retardada.
  • Uso de álcool ou drogas ilícitas
  • Danos neurológicos – Danos nos nervos causados por derrames e lesões da medula espinal ou condições como a esclerose múltipla também podem criar problemas para atingir a ejaculação
  • Causas psicológicas – ansiedade de desempenho sexual, depressão, problemas de relacionamento, etc. podem causar ejaculação retardada
  • Condicionamento por meio de estimulação sexual única pode causar homens a ejaculação retardada. Este homem não pode ganhar uma quantidade suficiente de estimulação peniana durante a relação sexual para conseguir a ejaculação. Por exemplo, um homem que está acostumado a se masturbar com um movimento muito rápido pode achar difícil chegar ao clímax com o processo mais lento de intercurso.
  • Muitos especialistas acreditam que a maioria dos problemas de ejaculação retardada não tem uma causa física subjacente, uma vez que 85% dos homens com ejaculação retardada primária ou secundária são capazes de atingir o orgasmo através da masturbação. Portanto, é provável que este homem não tenha um problema físico significativo que esteja causando a ejaculação retardada, mas sim uma questão psicológica que precisa ser tratada.

Existem vários tratamentos para a ejaculação retardada. O tratamento é determinado principalmente pela causa suspeita do problema.

Se um medicamento prescrito é suspeito de ser a causa da ejaculação retardada do homem, encontrar uma prescrição alternativa com a orientação de um médico geralmente pode resolver o problema. Certas prescrições essenciais não podem ser removidas nem substituídas.

Como os problemas de ejaculação e ereção atrasados são muito comuns entre os alcoólatras, a solução para isso é simples: limitar o consumo de álcool. O mesmo se aplica aos indivíduos cujo uso de drogas ilícitas é a causa suspeita de sua ejaculação retardada.

Como muitos especialistas acham que a maioria dos problemas de ejaculação retardada se deve a causas psicológicas, o aconselhamento e a terapia sexual com um profissional licenciado especializado nesta área é o principal tratamento para restaurar a função sexual completa.

Geralmente, o objetivo de toda terapia psicológica é difundir gradualmente as ansiedades sexuais do homem para que ele possa confortavelmente atingir o clímax dentro de seu parceiro sem dificuldade.

Se o homem não é capaz de chegar ao ponto em que é capaz de ejacular dentro da vagina, mas o casal deseja ter um filho, esses casais podem obter a gravidez através de várias medidas.

Esses homens podem produzir um ejaculado pelo uso de estimulação elétrica da área da próstata, chamada eletroejaculação, após o que a fertilização in vitro (FIV) pode ser feita para se conceber. Se isso não for bem sucedido e a fertilidade ainda é uma preocupação, também é possível que um médico treinado extraia espermatozóides dos testículos e use inseminação artificial para iniciar a gravidez. Se a inseminação artificial falhar, a FIV (fertilização de espermatozóide em um tubo de ensaio e depois inserida no útero da mãe) ou a injeção de um único espermatozóide podem ser tentadas.

 

Sobre o autor

Alessandro Rossol

Nenhum comentário.

Comentários