Atualização sobre tratamento da Doença de Peyronie – Congresso Americano de Urologia 2017

Peyronie aua 2017

Nesta segunda-feira, durante o Congresso de Urologia da Associação Americana de Urologia, em Boston, o Dr. Wayne Hellstrom apresentou dados atualizados de estudos para as melhoras condutas médicas na Doença de Peyronie. São elas:

  • Cirurgia continua sendo o tratamento “ouro” para correção da tortuosidade peniana.
  • As taxas de sucesso na melhora ou resolução da curvatura peniana variam entre 92 e 99%.
  • A cirurgia de plicatura peniana é um procedimento seguro, relativamente simples quando realizado por cirurgiões experientes e com baixos índices de morbidade.
  • Efeitos adversos sérios são raros na cirurgia de plicatura.
  • Comparada com o uso do CCH (Xiaflex), a cirurgia tem custo menor.
  • A cirurgia de plicatura tem tido uma frequência aumentada, comparada com a técnica de enxerto.
  • Técnica com uso de enxerto pode ser indicada em pênis com mais de 70 graus de curvatura em pacientes que apresentam boa ereção, sem disfunção erétil.

Fonte Bibliográfica:

http://www.aua2017.org/webcasts/webcast_play.cfm?videoID=5433&agendaid=14035&id=14194,14195,14035,14246,14134,14086

Sobre o autor

Alessandro Rossol

Nenhum comentário.

Comentários